Intervenção Sistémica

Intervenção Sistémica

"A intervenção sistémica é uma construção a várias mãos, em que terapeuta e paciente(s) trilham caminhos, em conjunto, no sentido do encontro com um verdadeiro bem-estar".

A abordagem sistémica (individual, de casal ou familiar) define uma metodologia de intervenção terapêutica que foca a sua atenção nas relações que se estabelecem entre as partes de um sistema, tendo como pano de fundo os pressupostos da Teoria Geral dos Sistemas, criada por Ludwig von Bertalanffy, nos anos 30.

Numa lógica sistémica, para compreender uma família não basta compreender cada um dos elementos que a compõem, olhados individualmente, mas sim a complexidade das relações que se estabelecem entre si.

Este "olhar" sobre a família pressupõe a existência de uma engrenagem, na qual o movimento/comportamento de cada uma das peças desencadeia uma sequência de movimentos das restantes. Na complexidade das relações familiares, a mudança acontece (ou não acontece quando devia acontecer) e provoca crises com impacto a nível individual, conjugal e parental.

As sessões têm como principal objetivo facilitar a comunicação, reorganizar as relações familiares, promover o autoconhecimento, colocar em evidência as competências e recursos da própria família, ativando a sua participação na resolução dos seus problemas e dificuldades. Proporcionam um espaço onde o crescimento autónomo, de cada um dos elementos da família, possa acontecer em paralelo com o crescimento emocional da família.

O processo psicoterapêutico pode envolver toda a família ou só alguns elementos.

Variando de acordo com as questões apresentadas, podem ser desenvolvidos vários modelos de intervenção:

1. Psicoterapia sistémica com o individuo (Terapia Individual Sistémica)

A Terapia Individual Sistémica tem como objetivo a mudança na pessoa, na relação desta com os outros e no contexto dos sistemas familiares nucleares e parentais (alargado). Implica a compreensão do seu papel na família, a compreensão dos padrões de funcionamento familiar e o ajustamento entre comportamentos, interações e narrativas familiares.

2. Terapia de casal (Terapia sistémica com o casal)

A Terapia de Casal consubstancia uma intervenção que, regra geral, acontece num contexto de crise conjugal, quando o casal começa a sentir que já não consegue comunicar com fluidez e que há uma crispação permanente na relação, ou pelo contrário, quando se instala um sentimento de indiferença entre os dois elementos da relação conjugal.

O trabalho desenvolvido pelo terapeuta com o casal vai muito para além de identificar problemas. Explora a forma e os motivos pelos quais se instalaram determinados padrões relacionais e amplia caminhos no sentido de soluções de compromisso. Aborda temas como a comunicação e a gestão de expetativas relativamente ao outro. Procura, sobretudo, que a caminhada em conjunto volte a ser plena para os dois elementos do casal.

3. Terapia Familiar (Terapia com os vários elementos da família)

Muitas vezes, no seio de uma família, começam a surgir expressões de desconforto, por palavras ou por comportamentos, por parte de um ou vários elementos. É como se a família deixasse de se sentir família. Estes sinais fazem emergir, não raras vezes, momentos de conflito familiar.

A Terapia Familiar representa a possibilidade de acolher a família e com ela explorar as dinâmicas instaladas nas relações estabelecidas entre os elementos. Estas dinâmicas vão-se enraizando, ao longo do tempo, como uma espécie de património familiar que não se pode largar e podem começar a criar entropia, impedindo a família de crescer emocionalmente, acompanhando os processos de mudança que vão acontecendo, e impedindo cada um dos seus elementos de se sentir bem, como elemento daquela família.

Qualquer que seja o cenário que sirva de pano de fundo, terapeuta e paciente(s) trabalham, em co-construção, explorando competências, ativando novos mecanismos e recursos, ultrapassando encruzilhadas e trilhando um caminho efetivo de mudanças internas, que possam resultar num pleno bem-estar.

Psicólogos/Terapeutas da Especialidade Intervenção Sistémica

Terapeuta Psicoterapia Ana Carina Marques

Ana Carina Marques

Terapeuta Psicoterapia Antonio Pedro Machado

António Pedro Machado

Terapeuta Psicoterapia Joana Garcia da Fonseca

Joana Garcia da Fonseca

Terapeuta Psicoterapia Marina Orrico Tavares

Marina Orrico Tavares